Ator português Pedro Carvalho fala sobre Escrava Mãe: “A novela é linda”

Ator contou detalhes dos bastidores da novela que estreia dia 31 na Record

O sotaque tipicamente português entrega as origens do mocinho que promete cativar os corações do público de Escrava Mãe. Vindo diretamente de Portugal, Pedro Carvalho decidiu viver em terras tupiniquins para fazer sua estreia nas novelas na pele de Miguel, ninguém menos que o personagem protagonista da trama que estreia o novo horário de novelas da Rede Record, às 19h30.

Ao lado de colegas de elenco, o ator galã não escondeu o quão prazeroso foi realizar as cenas da trama.

— Foi incrível. Fazer este projeto e um protagonista, então, foi incrível. Um sonho tornado realidade que é começar a fazer carreira aqui no Brasil. Em Portugal, já fiz muita coisa e vou para a décima primeira novela, muita peça de teatro, comecei muito cedo. Começar minha carreira por aqui nesta novela é um privilégio. Foi muito bacana, conheci pessoas incríveis que já via nas novelas quando era criança, como Zezé Motta e muitos outros atores. Poder, agora, dividir cenas com e eles, criar amizades com eles e conhecer outras pessoas é incrível. O público vai poder ver pelas imagens que a novela é linda.

Sem medo de ação

 

Por falar em cenas, quem esteve no evento de lançamento se surpreendeu com sequências fortes, recheadas de detalhes, emoção e ação. Uma delas em especial foi eleita pelo ator como a mais difícil.

— Muitas, muitas difíceis. Por exemplo, fiz uma cena de perseguição de meu personagem que foge de Almeida [Fernando Pavão] e Osório [Jayme Periard]. Ele cai do cavalo, cai em uma cachoeira e fica perdido durante vários dias, volta desmemoriado passado um ano. Nós demoramos muito para fazer essa sequência de perseguição. Foi feito com muito cuidado e foram cenas que foram difíceis para nós para serem feitas. Foi tudo muito bem feito, tivemos diretores incríveis.

Para tudo sair bem no dia a dia de gravação, Pedro contou que ele e outros atores terem todo um apoio técnico.

— Aprendemos algumas coisas. Tivemos uma equipe de coreógrafos que nos ajudávamos sempre a fazer todas essas cenas. Com o tempo, aprendemos muita coreografia de luta, cenas como a que caio do cavalo. Foi feito tudo com muito cuidado. Não foi fácil, mas estava muito confortável porque confiava muito. Foi muito bacana isso. Então, eu me largava completamente e deixava ir.

— Meu personagem também é cara muito emotivo. Não é um senhor mau. É um mocinho que fica muito revoltado em certa altura da história. Outra hora ele é muito romântico, outra hora ele fica uma fera. Então, tem muitas mudanças e isso é muito bacana para mim, como ator, ter essas emoções todas no personagem.

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s