“IT” | Dez coisas que provavelmente não veremos no remake de ‘IT’


por Wallace Francisco

A internet está em um polvorosa sobre a próxima adaptação de “TI” e por uma boa razão. O que vimos do filme até agora parece extremamente promissor, especialmente porque não parece ser uma cópia carbono da amada mini-série de TV de 1990.

Resultado de imagem para It filme

Embora seja um pouco precipitado para dizer que o próximo filme parece ficar mais perto do livro (esteticamente, parece que os segmentos de infância da nova “TI” ocorrem na década de 1980 em oposição à década de 1950, por exemplo), certamente há o suficiente do romance de Stephen king, original de 1986, no trailer para já obter uma legião de fãs ansiosos.

É provavelmente seguro assumir que o próximo filme vai evitar muitos, muitos elementos de seu material literário fonte. Francamente, há algumas seções do livro que são muito antiquadas ou politicamente incorretas, enquanto outras passagens são violentas demais ou sexualmente explícitas – e uma vez que a maioria envolve crianças como vítimas e vitimizadores, a MPAA certamente exigiria edições severas para evitar uma classificação acima de 17 anos.

Se você nunca leu o romance de Stephen King, esteja prevenido, há muitos spoilers à frente. Mas como todas as cenas descritas abaixo provavelmente não serão incluídas no próximo filme, talvez não seja tecnicamente um spoiler para o novo filme, mas não custa nada avisar.

De qualquer forma, os leitores são incentivados a proceder com cautela, pois seguem abaixo, apenas suposições, de coisas que provavelmente o filme não abordará:


1) Ben sendo envergonhado

No livro, Ben foi implacavelmente zombado por ter excesso de peso – não apenas pelos valentões na escola, mas até mesmo pelos seus próprios amigos, que o chamavam de “monte de feno”. Considerando o movimento de positividade do corpo de hoje, os cineastas podem provavelmente jogar para baixo a força dos insultos sofrido pelo personagem, e amenizar os fatos presentes no livro.

É quase uma garantia que eles vão cortar a cena onde Ben explica como ser sexualmente molestado por um treinador de ginástica foi sua motivação para perder peso.


2) O sub-traço homofóbico do assassinato

Uma das primeiras instâncias do livro indicando que o Pennywise está de volta no negócio, envolve um bando de adolescentes no dia de hoje (na época, 1985) agredindo e aparentemente matando um homossexual que pode ter sofrido uma lesão fatal do palhaço assassino no ataque.

Enquanto isso seria uma ótima maneira de dar início à segunda parte do cabeçalho duplo da TI , ele provavelmente ficará de fora por ser muito longo, girando em torno de personagens inconsequentes que nunca reaparecem na história, mas o principal motivo que poderá levar a sequencia a ficar de fora do remake são os muitos insultos homofóbicos presentes no livro. Tal corte deverá acontecer para evitar o possível estímulo de grupos de interesses específicos, sejam eles à favor ou contra a homofobia.


3) Crianças fumando e com armas de fogo

Ao observarmos a forma como os adolescente da época no livro são retratados, podemos perceber como os tempos mudaram. Na década de 1950, a ideia de que os alunos do quinto ano chuparem cânceres e roubassem a arma do seu pai para resolverem desventuras não teria causado grande alvoroço.

No mundo de hoje, no entanto, a ideia de até mesmo fazer-acreditar de crianças desfrutando de cigarros e correndo pela cidade com armas de fogo – sim, mesmo se eles planejam usá-lo em monstros demoníacos em vez de pessoas – é muito controversa, e é praticamente um bloqueio.

Muito provavelmente não veremos as crianças no próximo filme fumando ou utilizando tão normalmente armas de foco.


4) Conselhos de uma tartaruga gigante

Imaginar que ápice do filme é um eufemismo é quase impossível. O desfecho, o que seria a parte cool do remake, no livro de king, quando as crianças entram nos esgotos para lutar contra a TI na sua forma “verdadeira”, recebem um pouco de orientação de uma tartaruga gigante, celeste. Para ser justo, King faz um bom trabalho explicando como a tartaruga é uma espécie de contrapeso cosmológico para a ameaça de TI, mas o que funciona no papel provavelmente não funcionaria em formato IMAX.

Essa seria a batalha climática do filme, as crianças estão enfrentando uma morte certa, e logo antes de serem mortas, elas são salvas por uma enorme tartaruga?  Sim, essa sequencia não funcionaria na audiência moderna.


5) As Intenções Lúbricas do Leproso

Imaginando que você já assistiu o trailer aproximadamente quatro milhões de vezes em câmera lenta, você provavelmente está bem ciente de que o infame “leproso” do romance realmente parece fazer uma aparição no próximo filme.

Seu diálogo, no entanto, quase certamente será alterado. Afinal, alguém realmente espera que a MPAA, entidade americana formada para defender os interesses dos maiores estúdios produtores de filmes) simplesmente vire para o outro lado quando um hobo sifilítico (sem-teto com infecção bacteriana causada por contato sexual) tenta seduzir um garoto de 10 anos em um horrível ato sexual? Além disso, é provavelmente uma aposta segura que as linhas mais chatas de Pennywise presentes no livro, estão indo bater o assoalho da sala de corte.


6) As pequenas aparições de Monstros Universais

Ao longo do romance, ele toma a forma de vários monstros icônicos, passando por monstro de Frankenstein e da Criatura da Lagoa Negra, e até mesmo o monstro homônimo de The Crawling Eye .

As probabilidades são que não vamos vê criaturas famosas de Hollywood no novo filme por várias razões, sendo uma delas as ações judiciais de direitos autorais de outros estúdios de cinema.


7) A subtrama da caça ao ovo de Páscoa

Para quem conhece a história sabe que a “IT” trabalha em ciclos de 27 anos, com cada grande

Nos leitores de novela aprendem que a TI trabalha em ciclos de 27 anos, com cada frenesi do assassino coberto por algum grande desastre corporativo. Por exemplo, um “ciclo” termina com uma inundação e outro termina com uma boate misteriosamente pegando fogo.

Outro momento de frenesi envolve mais de 80 crianças sendo explodidas em pedaços quando uma fábrica de ferro explodiu durante as festas anuais de caça de ovos de páscoa.  E como o novo filme está sendo financiado pela Warner Bros., acho que é bastante seguro concluir que as pessoas que nos deram Harry Potter e os filmes de Lego não vão ficar bem com cenas de crianças sendo incineradas e voando por árvores.


8) O comportamento mais peculiar de Patrick Hockstetter

O valentão dado a maior exposição em TI é Henry Bowers. Enquanto King o pinta como um menino ruim e ruim, nem sequer está perto de ser o membro mais bagunçado de sua própria gangue. Essa honra vai para Patrick Hockstetter, um sociopata pré-adolescente cuja atividade favorita após a escola é bloquear os animais de estimação das pessoas em contenderes de lixo masturbando-se para suas lentas mortes.

Você sabe que parte no livro onde Patrick acende seus próprios peidos em chamas, tenta dar a Henry uma brincadeira e depois é comido vivo? Sim, algo me diz que não vamos ver isso no próximo filme …


9) Todo esse racismo casual

Vendo como a TI foi definida na década de 1950 e um dos personagens principais foi um menino afro-americano, é razoável – lamentavelmente – para Mike Hanlon ter experimentado uma grande quantidade de discriminação racial em todo o livro.

Com a mais recente TI ocorrendo na década de 1980 – e costumes culturais em “evolução” ao ponto de que o racismo é considerado um tabu social maior do que até mesmo o assassinato da criança – é praticamente certo que não vamos estar vendo Richie realizando seu “hilariante Show cômico” rotineiro, repetidamente referindo-se a Mike como “a palavra n” no novo filme.


10) Aquela cena no esgoto

Este deve ir sem dizer para qualquer um que leu o livro, mas para aqueles de você que nunca araram através de todas as 1000 páginas ou assim, prepare-se.

Depois que as crianças “matam” a TI, elas se perdem nos esgotos de Derry. Sem nenhuma maneira de saber para onde estão indo, Beverly propõe uma maneira bastante heterodoxa de passar o tempo; Ela fica nua e exige que todos os meninos se revezam tendo seu caminho com ela.

Vale observar que esses personagens são explicitamente referidos como estudantes do ensino médio em todo o livro. O que significa que se os cineastas colocarem essa cena no filme, há uma boa chance de que eles possam ser acusados ​​de crimes sexuais, e o filme em si poderia ser confiscado pelas autoridades, uma vez que seria pornografia ilegal. Sem falar no público que provavelmente se revoltarão em massa. 

De acordo com o próprio Big Steve, a cena deveria simbolicamente ligar a idade adulta à infância, mas isso, pelo menos da forma como é colocada no filme, não acontecerá.

A Pennywise é o departamento de TI da New Line Cinema

Leia mais em: MIX OU MISTO

Anúncios

Um comentário sobre ““IT” | Dez coisas que provavelmente não veremos no remake de ‘IT’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s